Como vão ser as vendas em 2022?

Segundo a média dos números divulgados de renomados Institutos de Pesquisa, o volume de vendas nas lojas de piscinas e afins no Brasil, em 2021, cresceu em torno de 11%. No ano anterior (2020), o resultado foi de 7%. Somados chegamos a 18%. 9% ao ano. 




Um número, aparentemente, de dar inveja a qualquer economia mundial.

Infelizmente, não crescemos praticamente nada. Igual ao próprio Brasil nos últimos 30 anos. Resultados pífios para um país com tanta potência. 

Para começar, a maioria dessas pesquisas não divulgam exatamente sua metodologia, portanto, não ficamos sabendo se é apenas um acréscimo linear no volume de vendas, sem levar em conta a inflação do período em torno de 16%. (2020 e 2021 somados). 8% ao ano. 

Sem falar dos reajustes muito maiores de energia, água, aluguel, transporte, alimentação etc. Itens que cresceram em muitos casos bem mais. E, provavelmente, expurgados dos maiores índices de inflação. E o que falar dos juros, atualmente um dos maiores do mundo.    

Nesse ano devemos esperar poucas soluções externas para nossos problemas, pois temos uma Guerra a terminar, uma crise mundial de energia a vencer, uma alta de comodities e um longo e desgastante ano eleitoral, com troca de governo. Durante o qual, um terço da população tenta somente sobreviver e uma classe média endividada e com salários corroídos. Para nós, lojistas, não resta outro caminho a não ser simplesmente:

MAIS COMPETENTE.      

Ser mais competente no seu próprio negócio, na sua própria loja. No momento, a única maneira para poder equilibrar as receitas e despesas é iniciar um trabalho sério dentro da sua própria casa. Diminuir as despesas, já que o mercado de piscinas e afins pouco vai crescer nos próximos anos, principalmente em 2022. Pelo menos até que as tão faladas reformas estruturais se concretizem e surtam efeitos. 

Se prepare, pois ao final da pandemia, o pouco público de poder aquisitivo após quase dois anos de confinamento, vai gastar mais em eventos fora de seus lares. Os escassos valores que eram canalizados para o conforto do lar, agora vão ser disputados pelas modalidades do lazer externo, fora de casa. Viagens, férias, teatros, cinemas etc. 

Rever seus métodos de trabalho, ter um melhor controle sobre seus preços e custos e, principalmente, uma melhor organização de sua loja e estoque, são ações urgentes no momento. 

Anos difíceis estão à vista e, provavelmente, o único caminho que um precavido dono de uma loja de piscinas e afins pode trilhar. 

Não sabe onde começar? Entre em contato conosco. Podemos ajudar. 




Postar um comentário

0 Comentários